ENTREVISTA: José Roberto Ricken

O Presidente do Sistema OCEPAR (Organização das Cooperativas do Paraná) diz o que o setor leiteiro do Estado pode aprender com a Nova Zelândia.

Com 131 participantes, a maioria ligada à produção de leite do Paraná, o Sistema OCEPAR sediou em seu Auditório, nesta quarta-feira (21/11), o Workshop Fundamentos de Produção e Qualidade do Leite da Nova Zelândia, com a presença de especialista do setor daquele País, enfocando tecnologia leiteira e genética do rebanho visando ser mais eficiente na atividade, com aumento de produtividade e melhoria da qualidade do leite. A Nova Zelândia, atualmente, é o maior produtor e exportador de leite e derivados do mundo, colocando seus produtos em mais de 120 destinos, principalmente na China. A maioria dos produtores, quase 11 milhões dos 12 milhões de pecuaristas neozelandeses, é ligada a cooperativas de produção e processamento de leite e de genética animal.

Entrevista concedida à Silvio Oricolli

Imagem: Comunicação OCEPAR