ENTREVISTA: Elias Zydek

Para fazer o DOWNLOAD, clique nos três pontinhos à direita da barra de áudio

O Diretor-Executivo da FRIMESA destaca a conquista do Paraná como Área Livre de Vacinação contra Febre Aftosa.

O aval obtido pelo Paraná para antecipar a retirada da vacinação contra a Febre Aftosa foi comemorada pelo Diretor-Executivo da FRIMESA, Elias Zydek. Segundo ele, a Pecuária do Estado atinge agora um novo status. Além disso, o projeto de Suinocultura da FRIMESA, central formada pelas cooperativas LAR, COPACOL, COPAGRIL, PRIMATO e C. VALE, já em andamento, ganha um novo impulso.

O Paraná obteve autorização do Ministério da Agricultura para antecipar a suspensão da vacinação contra a Febre Aftosa do rebanho bovino a partir deste mês de maio, quando ocorre a última imunização do gado no Estado. Esta autorização teve o aval do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. A aprovação do pedido ocorreu durante a realização da 2ª Reunião do Bloco V do Plano Estratégico do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (PNEFA), ocorrida nestas quarta e quinta-feira no auditório do Sistema OCEPAR, em Curitiba. Pelo cronograma, a autorização ocorreria no primeiro semestre de 2021.

Entrevista concedida à Silvio Oricolli.

Para mais informações: www.paranacooperativo.coop.br

Imagem: Comunicação OCEPAR