MATOPIBA deverá ser o principal fornecedor de milho brasileiro para o México

Para fazer o DOWNLOAD, clique nos três pontinhos à direita da barra de áudio

Todo ano, o México precisa importar quase 20 milhões de toneladas de milho amarelo – usado na alimentação do gado, de aves e suínos. Mais de 95% vêm de plantações ao norte, do outro lado da fronteira com os Estados Unidos (EUA). Mas os conflitos comerciais recentes levaram os mexicanos a buscar uma situação de menor dependência de um único fornecedor, e isso abriu oportunidades de negócio para o Brasil.

Em roteiro de uma semana pelo México, a equipe da Expedição Safra do jornal Gazeta do Povo constatou que a região do MATOPIBA (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia) pode ser a principal beneficiada nas negociações para importação de milho. Quem explica é Marcos Tosi, integrante da expedição.

A Expedição Safra tem entre seus apoiadores o Sistema OCEPAR (Organização das Cooperativas do Paraná).

Saiba mais: www.expedicaosafra.com.br

Para mais informações: www.paranacooperativo.coop.br

Fonte da Imagem