Câncer Melanoma, que matou Roberto Leal, não dá só na pele não

Para fazer o DOWNLOAD, clique nos três pontinhos à direita da barra de áudio

O Câncer Melanoma, que vitimou o cantor português Roberto Leal, é um tipo de tumor de pele perigoso que, se subestimado, pode se espalhar pelo corpo e gerar as temidas Metástases. Foi o que aconteceu com o artista.

O que pouca gente sabe é que o Melanoma não se manifesta apenas na pele. Ele pode surgir nas unhas, no couro cabeludo, nas mucosas, olhos e até sistema nervoso central, alerta a Dra. Jade Cury Martins, Coordenadora do Departamento de Oncologia Cutânea da SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia).

Fonte da Imagem