Se o porco chinês vai mal, o frango paranaense agradece

Para fazer o DOWNLOAD, clique nos três pontinhos à direita da barra de áudio

A Peste Suína Africana (PSA) ocasionou grande perda de rebanho suíno e necessidade de reposição dessa proteína. Somente na China, até o fim do ano, 30% da sua produção deve ser afetada. Esse período é uma oportunidade para o Brasil em geral e o Paraná em especial, pois será um momento de mudanças nas tendências de consumo de carne na Ásia, aponta o Presidente do Sindiavipar (Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado do Paraná), Domingos Martins. Segundo ele, esse é o momento de manter o foco e continuar crescendo.

Para mais informações: www.paranacooperativo.coop.br / App Paraná Cooperativo

Imagem: Fabio Boy/Sindiavipar