ENTREVISTA: Eduardo D’Antona

Para baixar o áudio, clique nos três pontinhos à direita

O CEO da Securisoft e Country Manager da Bitdefender alerta sobre os riscos da improvisação do Home Office para os dados das empresas, sobretudo as PMEs.

A empresa global de segurança Bitdefender está prevendo uma piora nas condições de segurança cibernética, em nível mundial, devido à súbita corrida das empresas para o Home Office, em função das medidas de isolamento social determinadas pelas autoridades de saúde em tempos de pandemia do coronavírus. Pra você ter uma idéia, uma pesquisa da Bitdefender, que é representada no Brasil pela empresa Securisoft, mostrou que cerca de 10% dos computadores domésticos e notebooks estão configurados com senhas extremamente fracas. O mesmo acontece com 44,78% dos smartphones pessoais e com mais de 30% dos roteadores wi-fi na residência do usuário.

Fonte da Imagem