Tamanho da dívida pode assustar, mas não se pode ficar parado

Para baixar o áudio, clique nos três pontinhos à direita

Muitas empresas estão sofrendo com falta de capital de giro e fluxo de caixa, ou até mesmo com as despesas mais corriqueiras, como a Folha de Pagamento, por conta da crise que já vem assolando o Brasil há anos. Para piorar a situação, surge uma pandemia de saúde que deixa toda a cadeia econômica em pânico.

A Advogada Sabrina Rui, Especialista em Direito Tributário e Imobiliário, orienta que o primeiro caminho para amenizar o rombo e garantir um dinheirinho em caixa é suspender financiamentos por um tempo.

Fonte da Imagem