O que cooperativa descobriu ao investigar eficácia da esterilização de máscaras

Para baixar o áudio, clique nos três pontinhos à direita

A Unimed Ponta Grossa encomendou um estudo para avaliar se as máscaras N-95 e PFF2-S, após submetidas à esterilização, sofreram alterações na eficiência de proteção. Os testes foram realizados pelo Grupo de Pesquisa Química de Produtos Naturais e Biodiversidade (QPNBIO), no Laboratório de Microbiologia da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), do Campus Medianeira, no Oeste do Paraná.

Saiba mais: www.unimedpg.com.br

Para mais informações: www.paranacooperativo.coop.br / App Paraná Cooperativo

Imagem: Divulgação