Gilberto Amorim

Para baixar o áudio, clique nos três pontinhos à direita

O Oncologista, Membro do Comitê de Tumores Mamários da SBOC (Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica) e Coordenador Nacional de Oncologia Mamária da Oncologia D’Or destaca os cuidados do paciente com Câncer durante a pandemia.

À medida em que a pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2) avança em todo o mundo, especialistas publicam novas diretrizes para o tratamento de pacientes oncológicos. A revista científica The Lancet Oncology divulgou um artigo em que resume as orientações das principais sociedades médicas internacionais, recomendando, quando possível, a redução de atendimentos presenciais; o uso de recursos tecnológicos, como a telemedicina; a substituição de terapias intravenosas por orais; além da importância do apoio aos pacientes e do controle de infecções. Recentemente, a Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC) publicou uma recomendação técnica na revista científica Brazilian Journal of Oncology sobre como adaptar as diferentes fases do tratamento do câncer de mama em tempos de pandemia, quais exames, cirurgias e tratamentos podem (ou não) ser adiados e em quais situações isso pode ocorrer, visando ajudar oncologistas, mastologistas e ginecologistas na melhor condução dos pacientes.

Imagem: Divulgação