Pandemia afetou procura por instalações de sistemas de energia renovável, mas investir nela sempre será bom negócio

Para baixar o áudio, clique nos três pontinhos à direita

O consumidor brasileiro pode gerar sua própria energia elétrica a partir de fontes renováveis, fornecendo o excedente para a rede de distribuição de sua localidade. Isso é possível desde abril de 2012, quando entrou em vigor uma Resolução Normativa da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

A procura por esta opção teve uma grande queda nos últimos meses em função da pandemia do coronavírus, lembra o Conselheiro Titular da Câmara Especializada em Engenharia Elétrica do CREA/PR, Fabrizio Nicolai Mancini. Fabrizio é também representante da Universidade Positivo.

Para mais informações: www.paranacooperativo.coop.br / App Paraná Cooperativo

Imagem: Divulgação CREA/PR