Agro atua fortemente na geração de empregos e não pode sofrer com aumento de impostos

Para baixar o áudio, clique nos três pontinhos à direita

A previsão de Reforma Tributária no Congresso Nacional provoca reações de desconfiança nos setores da economia nacional. O receio é de uma elevação nos impostos cobrados, o que tende a ocasionar impacto direto no agronegócio – setor que vem atuando fortemente em empregabilidade e geração de renda ao País neste momento de crise.

Esta preocupação é externada pelo Presidente da Cooperativa Copacol, de Cafelândia, Valter Pitol (foto), em entrevista concedida ao Programa de Rádio Estação Copacol.

A OCB (Organização das Cooperativas Brasileiras) e a Ocepar (Organização das Cooperativas do Estado do Paraná) atuam com frentes no Congresso Nacional para sensibilizar as bancadas parlamentares no sentido que não aprovem o aumento de tributação sobre a produção.

Para mais informações: www.paranacooperativo.coop.br / App Paraná Cooperativo

Imagem: Divulgação