Telemedicina ajuda a manter tratamentos e diminuir impactos da pandemia

Para baixar o áudio, clique nos três pontinhos à direita

A Telemedicina já é uma realidade em diversos países e foi recentemente liberada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) no Brasil devido à pandemia da COVID-19. Um hospital de Curitiba (PR), lançou, no início de abril, o serviço para pacientes com sintomas respiratórios, para orientar a população e otimizar o volume de consultas no Pronto Atendimento. A experiência bem-sucedida inspirou a implementação de um serviço de Telemedicina em diversas especialidades, comenta o Médico e Gerente Técnico do hospital, Rogério de Fraga.

Imagem: Pexels