Produzida por estudante surdo, história em quadrinhos bilíngue concorre à premiação nacional

Para baixar o áudio, clique nos três pontinhos à direita da barra!

O desejo de produzir uma história em quadrinhos para a comunidade surda levou um estudante a se aventurar no mundo das HQs em formato bilíngue. Germano Spelling é o criador da narrativa “A Mulher Surda na Segunda Guerra Mundial”, resultado do trabalho de conclusão de curso, e que foi indicada ao “Prêmio HQ Mix”, considerado o Oscar brasileiro dos quadrinhos.

A Professora Kelly Cezar, orientadora do projeto da HQ, entrevistou Germano Spelling. Por ele ser surdo, a resposta foi em língua de sinais, mas a Professora contou pra gente.

O roteiro teve também orientação do Professor surdo Danilo da Silva. O formato bilíngue foi desenvolvido como parte do Projeto “HQ’s Sinalizadas”, coordenado pela Professora Kelly, Orientadora do TCC de Germano. As histórias em quadrinhos são produzidas em Libras (Língua Brasileira de Sinais), Desenho e Língua Portuguesa, e permitem atingir pessoas surdas e não surdas.

Com ilustrações de Luiz Gustavo Paulino de Almeida, a narrativa concorre na Categoria Produção para Outras Linguagens. A HQ foi publicada em 2019 e entraria em exposição na Gibiteca de Curitiba, com o apoio do Museu do Holocausto, porém, devido à pandemia, os planos foram alterados e a editora criou uma exposição virtual para a obra:

https://www.letraria.net/wp-content/uploads/2019/10/A-mulher-surda-na-segunda-guerra-mundial-Letraria.pdf

Imagens: Reprodução YouTube e Comunicação UFPR