Pesquisa descarta transmissão de coronavírus de cães para humanos; abandono é crime

Para baixar o áudio, clique nos três pontinhos à direita da barra!

Um estudo multicêntrico conduzido pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) confirmou a presença de Sars-CoV-2 em dois cães de Curitiba. Esses foram os primeiros casos em cães identificados no Brasil. A pesquisa coordenada por Alexander Biondo, médico veterinário e professor da universidade, também descarta que cães e gatos transmitam o vírus para seres humanos e que desenvolvam a Covid-19, doença causada pelo Sars-CoV-2. O estudo é importante para coletar dados sobre o assunto e subsidiar políticas públicas e decisões tomadas por gestores políticos. Muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre esse tema, que esteve em evidência nos últimos dias. Por isso, Biondo esclarece as dúvidas.

Imagem: Sucom UFPR