Modelo de Cooperativismo do futuro ganha cada vez mais força no mercado

Para baixar o áudio, clique nos três pontinhos à direita da barra!

A Câmara dos Deputados deu um passo positivo aguardado pelas cooperativas brasileiras. No dia 14/12, a Casa aprovou o Projeto de Lei Complementar (PLP 146/19) que institui o Marco Legal das Startups. A proposta cria incentivos como regime tributário simplificado e linhas de crédito específicas. Segundo o texto, são enquadradas como startups empresas focadas no desenvolvimento de produtos ou serviços inovadores.

Atendendo a um pedido da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), o Relator do projeto, o deputado Vinicius Poit (Novo/SP), inseriu em um dos artigos da proposta o setor cooperativista. “Assim, a lei complementar contemplará o empresário individual, a empresa de responsabilidade limitada, as sociedades empresariais, as sociedades simples e as sociedades cooperativas,” afirmou Poit.

O presidente da Frente Parlamentar do Cooperativismo (Frencoop), deputado Evair de Melo (PP-ES), destacou que o projeto tem como principal ponto a desburocratização do setor.

Para mais informações: www.paranacooperativo.coop.br / App Paraná Cooperativo

Imagem: Assessoria de Imprensa Deputado Federal Evair de Melo