Inflação não deixou outra escolha ao Banco Central ao subir Selic

Para fazer o DOWNLOAD, clique nos três pontinhos!!!

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) subiu nesta quarta-feira (17) a meta para os juros básicos (Selic) em 0,75 ponto, aos 2,75% ao ano. O patamar anterior era a mínima histórica alcançada pela taxa de referência no Brasil, habitada desde agosto do ano passado.

A última vez em que a Selic havia sido erguida foi em 2015, quase seis anos atrás. Apesar da contração da economia por força da covid-19, a inflação não deixou outra escolha ao Banco Central, diz o Professor de Economia Lucas Dezordi.

Imagem: Divulgação