Muito ainda precisa ser feito para combater o Feminicídio no Brasil

Para fazer o DOWNLOAD, clique nos três pontinhos!!!

Estudo feito pelo Centro de Pesquisa Jurídica e Social (CPJUS), do Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade Positivo (UP), demonstrou a invisibilidade das vítimas de feminicídio, demonstrada por dificuldades de encontrar informações essenciais sobre as mulheres nos processos. De acordo com levantamento do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, o número de feminicídios no Brasil cresceu 22% durante a pandemia de Covid-19.

Olivia Pessoa, Pesquisadora do CPJUS, explica como o preconceito de gênero se mostra nos julgamentos de feminicídio no Brasil.

Imagem: Divulgação