Relatora de proposta que deu origem à Lei sobre produção de vacinas pela indústria veterinária diz que Brasil pode, em breve, deixar de ser importador

Para fazer o DOWNLOAD, clique nos três pontinhos!!!

Para acelerar a produção de vacinas contra o coronavírus no país, fábricas de produtos veterinários poderão destinar parte de suas instalações para a produção tanto dos imunizantes quanto dos Insumos Farmacêuticos Ativos (IFAs).

O sinal verde para essa adaptação temporária está na lei (Lei 14.187/21) sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro. Originária de um projeto do Senado, ela determina que as indústrias do ramo veterinário que atendam a exigências de biossegurança e normas sanitárias possam partir para a produção destinada à população brasileira e de outros países.

Para mais informações: www.paranacooperativo.coop.br / App Paraná Cooperativo

Imagem: Breno Esaki/Agência Saúde DF

Com informações da Rádio Câmara.