Conceito de economia compartilhada chega aos edifícios residenciais

Para fazer o DOWNLOAD, clique nos três pontinhos!!!

Surgida logo depois da crise econômica de 2008, a “economia compartilhada” fez nascer novos negócios, que se tornaram imprescindíveis no nosso cotidiano. Uber, Airbnb, Ifood, Rappi e tantas outras soluções baseadas nesse conceito passaram a fazer parte da vida da grande maioria das pessoas. Resumidamente, o “peer-to-peer” compreende o desenvolvimento de atividades humanas voltadas à produção de valores de uso comum e que são baseadas em novas formas de organização do trabalho e das atividades do dia a dia.

Ancorado na tecnologia, esse conceito foi chegando aos poucos a outros setores e, com a pandemia, ampliou sua presença nos empreendimentos imobiliários. Um desses exemplos é um novo edifício residencial que começa a ser construído esse ano em Londrina (PR). A previsão de entrega é novembro de 2024.

Imagem: Divulgação