Técnicas cirúrgicas menos invasivas avançam e garantem sobrevida a pacientes com problemas no coração

Para fazer o DOWNLOAD, clique nos três pontinhos!!!

“Ela não teria chance com nenhum outro procedimento.” Assim a médica Rosângela Develis define a cirurgia à qual a mãe foi submetida para substituir uma válvula do coração. É uma incisão na artéria femoral para, via cateter, implantar uma nova prótese no coração. Ainda pouco utilizada no Brasil, foi realizada pela terceira vez no Paraná e escolhida pelo histórico de saúde da dona de casa Lídia Alquieri, 74 anos, que já havia sido submetida a três cirurgias cardíacas.

O cardiologista Gustavo Lenci conta que a paciente chegou ao Pronto Atendimento reclamando muito de falta de ar, até mesmo para pequenos esforços, o que levou a equipe a realizar exames de imagem. A cirurgia na válvula mitral ainda é pouco praticada e objeto de estudo da Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista. Em Curitiba (PR), essa foi a terceira vez que o procedimento foi realizado.

Imagem: Divulgação