Projetos buscam manter movimento de solidariedade fortalecido durante pandemia

A situação de maior vulnerabilidade gerada pela pandemia da covid-19 fez com que muitas pessoas e empresas passassem a doar mais para campanhas que buscam diminuir os danos causados pela falta de renda, como a fome e a falta de assistência à saúde e educação. O desafio desses projetos agora é manter o nível de solidariedade, pois parte da população continua sofrendo com as crises econômica e sanitária.

Promover campanhas contínuas que aproximem as pessoas de iniciativas solidárias é uma forma de garantir as doações. Num tradicional grupo educacional atuante no Paraná, foi criado há 4 anos um programa de mobilização social pelo qual os colaboradores podem participar doando parte do Imposto de Renda devido, ou doação direta, a projetos sociais da área da educação básica e da saúde, explica o Gerente de Engajamento e Mobilização de Recursos do grupo, Rodolfo Schneider.

Além dos colaboradores do grupo educacional, a população e as empresas podem ajudar a captar recursos tanto para o projeto de educação quanto para um hospital sediado em Curitiba e ligado à instituição, reforça o Diretor-Geral do hospital, Juliano Gasparetto.

Mais informações sobre como doar estão no site www.impostosolidario.org.br

Imagem: Divulgação do Grupo Marista